terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Estrelas... de Natal...

Técnica mista
                                                                                                           sobre papel -
                                                                                                             Estrelas -1988



O Natal  tem seu caráter individual... cada um manifestando sua amorosidade peculiarmente... 
(ou não...)
Mas há também algo verdadeiramente abrangente nessa data...
Mais corações tentam abrir-se ao mundo... e percebamos ou não...
Cria-se uma atmosfera mais fortalecida de suavidade e colorido intenso...
Aos poucos... nossos dias serão naturalmente natalinos...
Nossas atitudes serão festivamente fraternas...
... E nossos corações... Estrelas.

Feliz Natal planeta... que ele se estenda indefinidamente...
Amor
Elze


Natal seria inicialmente, dia de comemorar um aniversário de nascimento... 
De lembrar uma história de amor universal...
De nos sintonizarmos com esse ser/viver crístico e...
Nos sentirmos adocicados pela simples conexão...... ... ... ...Ah!... ... ...

sábado, 21 de dezembro de 2013

ColoRIR

Nanquim, cola e aquarela
                                                                 Sobre papel - Elos -1990


                                             Os coloridos da terra e do céu... 
                                                   Tingem-se mutuamente...
           
                                                             Carinho
                                                                Elze

sábado, 14 de dezembro de 2013

Cósmicos

Aquarela, nanquim, grafite e cola
sobre canson
Homem-Verso..... 1984

O Universo
O homem
O verso

A partícula
A centelha
A poesia

A Sabedoria
O silêncio
A música

O macro
O micro
O Uno

Amor
Elze









domingo, 8 de dezembro de 2013

Expansão............

Aquarela e nanquim branco e preto
sobre canson - Sutis - 1986


Me desperta encantamento
A resistência ao relento
Dessas verdejantes criaturas pequeninas...
... ... ...
E elas... 
Se agigantam... sob esse olhar atento...

Assim também, o ser humano... 
Em seus momentos de fortalecimento
Após algum desencantamento
Crescem tanto
Que parece encanto!... ...
                               Mas nem percebem.................

Carinho
Elze
    
      




  
       

  





sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Pausa... pousa...

 Aquarela, guache branco, grafite
Pingos dos ares - 1.991



           Dar-se tempo de olhar............
           Absorver................

           Amor
           Elze
                         

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

MeloDIAndo o dia a dia............

Desenho sobre canson - esferográfica e lápis de cor - Musicando-nos - 1986

    A musicalidade do Universo
    Nos oferece um constante abraço sonoro
    Esse carinho univérsico
    Suavizando de mensagens sutis
    Nossos "abrir d'olhos" matinais...
            Com seus despertadores alados
            Estimulando nossos voos diários...
            Em serenatas trinadas dizem (!?)
            A Vida canta por nossos caminhos...
     Grata... 
     Passarinhos.......

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Mundo intrínseco...

                                                           Desenho sobre sulfite - Absorção - 1983


     Linhas sobressaem-se...........
     O mundo desenha-se............
     ... Individualmente aos olhos de cada ser
   
     Mescla-nos... emaranhados
     Tanto já visto
     ... Quanto ainda não???
     
     O mundo desenha nossos desenhos
     Nós desenhamos o nosso ser 
     ... Colorimos vagarosamente nossa essência ...
     
     Um evolutivo viver de matizações dinâmicas.............
      

                                                       Amor
                                                               Elze
                                                       COR 
   
     
     
   
   

   

domingo, 24 de novembro de 2013

Como ser... FELIZ???......................

                     Pastel, nanquim e cola sobre papel.                              "Colorindo-nos"... 1984

Ser feliz... a grande busca do ser... camuflada pela meta maior... latente em todos nós... A GRANDE BUSCA DO AMOR... primeiramente, amor em si... e consequentemente, amor por si e pelo mundo... Porque quando esse sentimento altruísta desperta em nós, ele desperta-nos para o nosso redor... e é somente através de um olhar generoso que conseguimos percebê-la... A FELICIDADE  é a própria existência... mas a forma como olhamos os acontecimentos que nos circundam, é que faz com que a enxerguemos ou sintamos... ou não! Por mais estranho que possa parecer, a felicidade independe do nosso redor... mas depende diretamente da nossa opção de sermos felizes... Como é possível realizar esse intento de tão grande alcance?... O ser humano, esse ser evolutivo que habita hoje um complexo e maravilhante corpo físico para seu aprimoramento espiritual, já possui as condições intelectivas para embasar a sua existência, através de reflexões e questionamentos, observações e conclusões... que o tranquilizem em relação a profundidade da Existência... e em relação a Justiça cósmica que nos ampara e direciona... Mas... além do intelecto, temos a intuição despertando... É como se nossa luminosidade espiritual, ao começar a abrilhantar-se, não contivesse seus raios de luz... que buscam e conectam-se com maior facilidade (a cada conquista evolutiva) com a positividade univérsica... Assim, nos unimos mais assiduamente as energias que verdadeiramente coordenam a VIDA... e percebemos então, aos poucos, que mesmo quando o corpo sofre, o espírito está recebendo algum tipo de benefício com a situação... e... portanto... devemos ficar atentos aos momentos que nos exigem maior dedicação e esforço para mantermos nossa vibração otimista... É muito simples ser feliz quando tudo está harmoniosamente fluindo em nossas vidas... mas é enormemente belo quando alcançamos um olhar de... enxergar a harmonia no aparente caos... Essa é uma das grandes conquistas do ser... alcançar seu céu interior... e perceber o grande céu exterior que o abraça, incansável e carinhosamente...
    É interessante que nesse processo de fortalecimento humano, nos lembremos sempre de que a nossa situação atual foi, de alguma forma, buscada por nós mesmos... Que não há punição da vida, mas reajustes... e que na maioria das vezes, nós próprios pedimos pelas provações e privações a que momentaneamente passamos... Sim, momentâneas condições... porque tudo na vida univérsica, caminha para a leveza e a beleza... essa, a harmonia!... Nenhuma forma de sofrimento é perene... e a alegria está cada vez mais próxima de ser alcançada por nossos corações espirituais, porque caminhamos evolutivamente, e não, involutivamente... (Quando um ser demonstra pendores pesados, inesperados ao seu comportamento habitual devido a uma nova situação vivida, não significa que ele tenha regredido, mas que realmente, em sua situação evolutiva, ainda não havia passado por aquele tipo de possibilidade e sua reação
e ação, indicam apenas um retrato de sua condição espiritual... real).
     Há seres que dedicam suas vidas ao despertar do amor do outro... porque o amor em si, já despertara... Temos grandes exemplos de vidas altruístas e amorosas, seres luminosos que passaram pelo nosso planeta azul... deixando-nos um rastro de cores, resplandescente... e muitas vezes, grandes espíritos passam anonimamente por nós... fazendo seu silencioso trabalho de luz... Mas há muitas histórias, antigas e atuais que nos dizem muito ao coração... nos recarregam de energia vigorosa e animam nosso olhar cósmico... nos elevam e enlevam... de alguma forma... Contribuem para a ascensão da nossa casa atual, o planeta Terra,  influenciando na elevação do ambiente planetário... Suas idéias e vibrações benfeitoras circundam nosso orbe, colorindo-o... e... cada vibração nossa, afinada com essas cores, acresce-nos e acresce o colorido do nosso  mundo circundante... O tempo para que a atmosfera terrestre se harmonize redondamente, não podemos precisar, mas sabemos que a maior rapidez do acontecimento, depende de cada um de seus habitantes terrenos...
    Fruir de um pouco de sua sabedoria nos alimenta e revigora... então cito aqui algumas fagulhas de seus rastros... para que os possamos... (quem sabe !?)... seguir... !

    558 a.C - Buda - Sidarta Gautama -. Deixa-nos a compaixão a pairar pelos ares..........

    Anos 300 a.C - Sócrates e seu discípulo e disseminador de suas idéias, Platão - Deixam-nos esboçadas  as ideias... de um Deus único, de sermos almas encarnadas e da vida posterior a morte física...    
      2.013 anos atrás - Jesus Cristo - Deixa-nos o AMOR como forma de religação com a Essência Criadora... Diz que a felicidade não é deste mundo (material)... mas essencial... Portanto, a percebemos  internamente para que, então, se externe... 
     Séc XI - Ramatís - Mestre espiritual indiano- Até hoje envia mensagens através de médiuns, nos mostrando que nossas atitudes e pensamentos são como senhas de conexão com energias cósmicas, que dependendo do seu teor vibratório, liga-se as energias positivas ou densas...
      Séc. XII - Francisco de Assis - Deixa a alegria como característica de sua jornada, através de atos de uma "alma ecológica", de ligação com a natureza e os animais... era vegetariano... e poeta...
      1804 - Allan Kardec - Codifica o embasamento do espiritismo, que responde a grande pergunta da humanidade, com o argumento da reencarnação para a causalidade da nossa existência (tudo tem uma causa, gerada por nós, em algum momento atual ou passado - em outra vida corpórea)... 
     1869 - Gandhi - O Mahatma (grande alma) nos deixa um rastro de não-violência e verdade... Fez de sua alma amorosa a arma para conquistar a independência da Índia (da Inglaterra).
................................. 
E temos tantos outros seres que nos acarinharam e acarinham hoje, com obras literárias, filmes, obras comunitárias, enfim... mostram-nos que "somos mesmo uma aquarela... e podemos ou não, fazer uso dela"...!

........ E só me vem uma resposta...
         -Como ser feliz?
         - AMANDO!

... Ah! Não poderia deixar de citar, nesse resumo de palestra/estudo que proferi sobre o tema "Como ser feliz", uma frase do Dalai Lama atual... "Seja você, a mudança que quer ver no mundo..." ................... Ele é mesmo ótimo!...

                         Carinho
                         Elze
       
* Nesse estudo reflexivo conjunto, citei outros tantos nomes e suas obras... aqui o texto se estenderia muito... n'outra oportunidade, falaremos de outros seres que abrilhantam amorosamente nosso orbe com suas emanações de amor................. Ok?      

Olho mágico.......................

Aquarela sobre papel
                                                                           Cintilante - 1987


Quando meus olhos respingam alegrias
As imagens que vêem magicam-se
O sol se torna... bolha iridescente
E... folhas emendam-se a cores etéreas
São asas..........
Amor......... Elze

terça-feira, 19 de novembro de 2013

DEScanso

Dos arquivos - Desenho sobre sulfite - Lápis de cor e esferográfica recobertos por cola branca.
Enxergando em desenho - 1982.

                                                            O cansaço feliz
                                                            Nos chega
                                                            Como... 
                                                            Energia revigorante..
                                                            Alimenta-nos... O ESPÍRITO...

                                                                                                             Carinho
                                                                                                                   Elze
                                                                     
                                               

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

ConTATO

Desenho/Pintura 
                                                                                       em papel canson
                                                                              Nanquins - 
                                                                  Tateando com o olhar -1984

                      ...O que nossos olhos tocam     
                         Toca-nos...
                     
                                         Amor
                                         Elze

sábado, 9 de novembro de 2013

Hachureando cores...

 Nanquim sobre papel
1983 - Brincando com hachuras

Cor dedicada a qualquer espaço
Todo espaço preenchido por alguma cor
Colorir...
....

Amor
Elze

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Real jardim surreal

Desenho em sulfite 
Nanquim, esmalte e violeta genciana - 1982 - 


Ao deparar-me com essa apoteose floral... tão imaginária, à época...
Desenhada por mãos saudosamente macias
Que participavam então de 14 estações de flores (como diria meu pai)
A sinto tão real... no meu quintal atual... (!)
Plantada por mãos, agora calejadas (e digo, o que digo não é metáfora... 
apesar dos cremes amaciadores...!)
... Assim somos nós... Humanos... Idealizadores
Criamos internamente
Para que um dia... nos deparemos com a obra...
Ainda que... d e m o r e...
Ah!... A   d e m o r a... ... 
E o que é o tempo?...
Talvez seja melhor concebê-lo apenas
Como o Senhor das "surpresas surpreendentes"...
Como essa...

Amor
Elze


sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Prismados..........


    Fotos de texturas
                                                                                              "Corantes"
                                                                                                                 


Cores nos acolhem
Escolhem
Pintam...
    A cor certa
    Em harmonia com o momento
    Acalma
    A alma...
...............
O "ideal é carregar um arco-íris mental" ?!!..............
            ........ A cor adequada... sempre presente.............

Carinho
Elze

sábado, 26 de outubro de 2013

COM TRATO... CONTRASTES... ...

Fig.1 -Foto em zoom 
                                                                      de papel laranja 
                                                            com flash
                                                              "Sol quente"

 Fig.2 - Foto da capuchinha, 
                                                               flor comestível 
                                                                  do jardim de casa
                                                                                "Sombreado fresco"
O calor do sol
É tão acolhedor......
O frescor de sua sombra
É... tão acolhedor......
                          A intensidade
                          Possue suavidade
                          A suavidade
                          Possui intensidade 
                                                      Olhares externos
                                                      Captam coloridos 
                                                      Olhares internos
                                                      Os emanam
              O calor tem a intensidade     
              Dos olhares externos
              A sombra fresca tem a suavidade
              Dos olhares internos

              O Universo mostra-se acolhedoramente contrastante
              Incansável...
              Evidencia e ressalva... a beleza das diferenças
              Um generoso trato do Universo para os diversos... únicos...... 

Amor
Elze
                                                                                                                 

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Qual é?............







              Fig. 1 e 2 - Detalhes da mesma pintura em tela ..... "De que forma?"

A minha bandeira... poética?
A vida
Sem bandeiras...
Universalizada.....................

Amor
Elze




domingo, 20 de outubro de 2013

Sensação az........ul.........












                                                                                                                  Fig. 1 e 2 - Detalhes de uma pintura em tela           Fig, 3 - Foto de superfície aveludada         "Azulando"                                                                                        
 
    Quando um rico azul 
    Nos acompanha durante todo o dia...
    (dias maravilhantemente preciosos...)
    Tentamos perpetuar a imensa noite
    ... Não sabemos a cor do amanhã...(!)
    Mas... ah! Dias e noites são finitos...
    Mas... Ah!!!... A aquarela que nos abriga... Infinita... (!)
    Então penso na cor do dia que inevitavelmente virá...
    E inevitavelmente adormeço...
    ...
    Acordo na nova manhã...
    Com lembranças fugidias de sonhos
    São coloridas... (!)
    E sorrio como que respondida...
     ... Por acaso existe cor
    Que não traga em si positividade... ?
    ... Posso ter preferências...
    Mas não deferência exclusivista...
    Será um dia amarelo?.... (luminoso...)
    Verde...? ("natureba".... fresco...)
    Vermelho... ? (vibrante...)
     Marrom... ? (achocolatado...!!!... doce... )
     Preto...? (misterioso... profundo...)
     ... Toda cor com sua surpreendente sensação múltipla...
     Branco...? (... tão colorido que mistura-se em luz...)
    ...
    Desde então... curiosamente acordo
    E me pergunto...
    - Qual será a cor do meu dia?................
    E penso conjuntamente...
    - Será mais um dia positivo...
    Mesmo se "tempestivo"..............
    E reforço: Será um cromático dia POSITIVO!
    ...

    Amor
    Elze
   
 
 

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Com centro...


 Fotos de adesivos circulares
- Composição/quarto da filha -
            Concêntrico

     Centros...
... Concentro-me
     Centro-me...

Carinho
Elze


sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Tão flor...


Foto de um gerânio 
                                                                                   do nosso quintal.
                                                                           "Vibração"

À pessoa mais flor... que conheço...!... E amo...
Minha mãezinha Sônia!!!

Pessoas diversas, tão diversas... convivem conosco... é uma bagunça gostosa de entrelaçamentos... mas há, em meio a todo esse reboliço lindo, laços que mais que atados, estão soltos e leves numa união perpétua de afinidade... elos de amor tranquilos que nos sustentam a caminhada... nos elevam... nos fortalecem... nos cuidam com o olhar e a alma... nos abraçam a distância como um cobertor mental... Ah! Como é reconfortante e acolhedor receber do Universo uma mãe assim... Tão cor,  tão flor... tão linda...  tão MÃE!!!

Infinito amor
Tão grata
Elze

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Ideo... vida...


 Figura 1 - Detalhe /quadro








Figura 2 - Foto de Textura





"Liláses transmutantes"...
Cor transformadora de energia 
                                                 
                                                     Por tantas escritas meus olhos já ziguezaguearam envolvidos... absorção, emoção, devaneios, conexão... cor...
... É tão animador perceber esse sem fim de idéias como que "ideoplastizadas" (- assim as percebo - essência concretizada) a nos envolver conforme nossas sintonias momentâneas e/ou necessidades inconscientes (ou conscientes... pois não?...)... Já me alimentei de tantas sopas de letras e de infinitos sanduíches pensamentais escritos por tantos seres pensantes... Alimentos que colaboraram com os embasamentos para meus questionamentos, de mim para comigo... sobre esse mundão misterioso... suprindo-me a fome real... Ah, tantas vezes... ...! E esse receber de pensamentos paginados, provavelmente foi o gerador do meu escrever... não é ato generoso... é apenas resposta... agradecimento... devolução... E o ato diferenciado, traz-me o mesmo devaneio prazeroso... e...absorção, emoção, conexão... cor... !
Ler e escrever... quem diria... tão "mesmos"...
 !

Amor
Elze


Figura 3-
                                                                                      Detalhe do mesmo quadro 


                                                                                                 
                                                                                                                 

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

In POSTOS...

Foto da lua, sem zoom
                                                                                  "Há sempre luz 
                                                                                  centralizando a
                                                                                         negritude do redor"... 

                        ... Sou cidadã do Universo, mas nasci, nessa etapa de vida, nessas paragens brasileiras... 
me sinto agraciada por verdes e coloridos fosfóreos naturais... rodeada de um povo aberto e alegre, de um modo geral... mas que momento misterioso é esse...!? Pergunto a mim... ...! Tenho fé, esperança, carinho pela vida... mas percebo um temor se acercando do planeta... É como se todos guardassem um anseio e aguardassem um... "milagre" animador, acalentador de ânimos e aniquilador de desânimos... Tento enxergar a beleza do momento... e a sinto, de olhos fechados, mais palpável e real... Energias envolventes me mostram um colorido harmonioso a caminho... mas assim como nos quadros que executo... até a colorização final há um processo de borrões e tentativas, de buscas... Assim sinto-nos nesse instante... nós, essa humanidade mista de filosofias naturais e profissões diversas... mas que culminam num só querer... estar bem...! Em meio a essa diferenciação toda... há os que já abraçam a ética como um ato instintivo, arraigado já em seu espírito viajante (do Cosmos); há os que tentam vivenciá-la... dentre as facilidades tentadoras, mas estão atentos... já não se sentem confortáveis quando cometem atos já consciencialmente condenados por si... e procuram não repeti-los; ... há ainda os que não percebem suas atitudes negativas e desarmoniosas, por imaturidade espiritual... e ainda precisam sentir aquecer suas fagulhas internas de luz fraterna... de empatia... Por vezes me deparo com esses olhos que ainda não vêem... senão a si mesmos... Desses últimos, penso, precisam ser amados... só a clareza do amor neutraliza atitudes obscuras de maldade/insensatez... Não, não precisam de conivência,
bondade também se manifesta com atitude... erros devem ser reparados, como já diz a lei dos homens... mas os sentimentos quanto aos erros, se conduzidos com amor, podem mudar nossa atmosfera... elevando-a e criando maiores condições de mudanças... Ah! As mudanças... mudança planetária... onde cada espaço geográfico delimitado por linhas imaginárias, tem demonstrado essa necessidade de forma peculiar... crises econômicas demonstram a falência do sistema capitalista do qual fazemos parte... Economistas já predizem novos caminhos... Mas como brasileira, me pergunto... Que atitudes devemos tomar... para que ajudemos de alguma forma na ocorrência dessas necessárias mudanças...?... Então ouço o noticiário... aumento nas taxas de IPTU dos paulistanos... Ah!... Políticos queridos (no momento tento olhá-los como uma mãe, cuidadosa...) o Brasil já destaca-se em valores impostos por impostos... e também por tanto desvio em todos os postos... que penso ser tão insano esse ato quanto "corajoso"... O povo acaba de sair às ruas, (não falo aqui dos depredadores oportunistas...) com seu clamor por respeito à sua dignidade... e está a espera de acolhida e respostas... Que tal, assumirmos nossos postos, realmente... políticos fazendo política (... Arte de bem governar os povos..."Aurélio") e o povo cumprindo, então, satisfeito, com as suas obrigações... É, povo amado (entenda-se por povo todo ser  humano vivente, políticos, não se sintam excluídos...)... hoje é o que eu tenho a dizer:
Menos impostos e mais "in postos"!!!....................... Continuo acreditando.....................

Políticos... o povo QUER acreditar!!!........................ Me perdoem os sensatos... que ocupam seus cargos com honra... devem estar passando por um momento bastante conflitante... mas não desistam... precisamos de vocês para as mudanças!........ A Sabedoria Altruísta do Universo os envolva... Então, que Essa Sabedoria, que chamo Deus, nos envolva a todos para atitudes positivas e conquistas coloridíssimas!!!..........

Amor
Elze       

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Preto e branco da Juréia

Na reluzente negritude noturna
Reluz o brancor lunar
Enaltecem-se mutuamente
Noite e Luar
... Realçam-se altruisticamente...
Ensinam... visual e silenciosamente
A amar...
               Ah! Amar.....................
                                                    Ah... mar!!! 
                                                    E o seu (saudoso) barulho realçado pela noite
                                                    E sua efervescência borbulhante destacada 
                                                                                                      pela Lua
                                                    Refletem esse espetáculo amoroso
                                                    Que nos traz aquecida saudade...
                                                    Ainda que não nos lembremos 
                                                    Precisamente... de quê...

                                                                                              Carinho granulado
                                                                                                           salgado
                                                                                                          monazítico
                                                                                                           cristalino
                                                                                                LUNÁTICO (!)
                                                                                               Elze
                                                     

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

InusitadaMENTE...

... O interessante de uma obra artística... é que ela se mostra através do nosso olhar momentâneo... Uma pintura é estática... mas a mente observadora é dinâmica...
... Ah, esse circulo texturizado ... por vezes me traz a roda... noutras o minério... noutras, movimento... Hoje... talvez por necessidade de aquecimento... o sinto Sol...
e capturo apenas seus tons dourados... 
Isso me diz que em nossas vidas... (essa Obra Artística Vital contínua e infinita...) somos direcionados pelo nosso enfoque... e é com esse olhar que ressaltamos suas cores...
... Que bom... nossos olhares são mutantes e a existência nesse                                                                                                                       contexto, não comporta
                                                                                                       uma infindável monotonia...                                                                                                                           A ação se manifesta
                                                                                                        mesmo numa saudável calmaria... 
                                                                                                                                                         
                                                                                                         Carinho
                                                                                                         Elze                                                      


sábado, 21 de setembro de 2013

CELulósico

 O verde... essa energia generosa 
...
Procuro-te
... 
Galhos... ramas... folhas...
Contato-te em toques macios
... Então refresco-me aquecida...
Inspirando-te alma adentro
Inspiro-me mundo afora
...

Amor fresco
Elze



segunda-feira, 16 de setembro de 2013

.......... Que tal Paz e PAZ!!!...?...........

Fotos de texturas 
                                                                                                                 PAZ e
                                                                                                                 PAZ

Quando olhamos lenta e atentamente o nosso redor girante... gigante... construído... elaborado... 
"organizado"... com estradas serpenteando para todos os caminhos... blocos de construção com encaixes... intercomunicação/visual instantânea... automóveis de design e desempenho psicodelicamente irrepreensíveis... utensílios domésticos para o que nem se imagina... (mas que... permitam-me um "uhhhhuu"!!!... foram imaginados...) e tantas outras conquistas facilitadoras do nosso cotidiano... Penso num mundo feliz...
Onde
podemos nos olhar com mais calma, olhos nos olhos, nos dizer e trocar vivências tão diversas... temos (por que não?) tempo de perceber meios de colaborar para com o bem estar, ao menos dos que nos estão
mais próximos, de repartir em meio as facilidades... para uma harmonia geral... não apenas individual... E se tivermos a sorte de poder abranger multidões, maravilha... é uma ótima oportunidade colorida da Vida... para o nosso próprio avanço espiritual...  Mas o que vejo, em contraste com essa evolução inventiva humana, se turba numa bagunça de conflitos... de pressas e necessidades insaciáveis... de ganância imatura pelo "poder" despótico, enceguecedor, isolador e desolador... e esboça uma ameaça conturbadora ao planeta... ... Mas não... Somos uma só raça mista, bem mista, que se fortalece em meio as diferenças comportamentais tão mescladas...  
Onde a Sabedoria Univérsica (que chamo Deus) promove situações aparentemente ilógicas, mas que em realidade buscam um equilíbrio palpável... ainda que futuro. A paciência das leis universais naturais, para conosco, é seu grande recado... seu grandioso gesto máximo de amor... E, é por retribuição a esse paciente carinho do Universo (que ainda não alcançamos perceber e que inconscientemente buscamos), que penso em como é importante que nos unamos em positividade, mas mais que isso, em atitudes positivas... Que possamos mudar um pouquinho nosso foco, suavizando de cores leves nosso interior, para mudarmos então um pouquinho do nosso redor... e mentalizemos amor e cores carinhosas aos nossos irmãozinhos cósmicos distantes... principalmente aos que ainda guerreiam conquistas ensanguentadas... É tão estranhamente real essa realidade, mas não é interessante cegar-nos comodamente... o planeta precisa disseminar a paz... e isso começa em todo e qualquer cantinho... e tem a FORÇA estrondosa de alastrar-se, se pacientemente esses cantinhos esparramados de amor surgirem nos mais diversos pontos geográficos terrenos... Eu diria... se ingênua eu diria... que isso é tão fácil... Mas realisticamente, eu digo, isto é tão fácil... SE NÓS NOS PREDISPUSERMOS A AMAR...  

Grata a você... por estar aqui... partilhando seu momento vivente/pensante comigo...
Carinho
Elze

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Azuis..............


 Neste momento, o azul me traz silêncio... mas nem sempre é assim...
 A minha predisposição é que assim o recebe...
 Hoje... um abraço celeste mudo...                                
 Pelo abraço silencioso... Grata.........

Amor
Elze

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Cheia

Foto de textura branca
                                                           "Luz"


                       Quando o vazio tenta adentrar-me...
                       Abro-lhe as portas do meu ser
                       E preencho-me dele...
                     
                      Amor
                      Elze
                       

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

BorealMENTE

Foto de uma folha 
                                                                                         de papel azul, com 
                                                                                        flash - Azul Boreal

                                           Quando o ser humano
                                           Age feliz
                                                  fraterno
                                                  empático
                                                  amoroso
                                            Despende um show etéreo
                                            Que muitos olhos não alcançam
                                             Mas que explode e tinge 
                                             De acolhedores matizes... 
                                             Todo o seu redor...   

                                             Carinho    
                                             Elze

domingo, 25 de agosto de 2013

O brilho latente

Foto em zoom de 
                                                                                          tecido laranja com 
                                                                               flash - SOL
                                                       
                             A porção enevoada de todo ser
                                           Ainda será... 
                                                Solar

     Amor      
     Elze
                                                              

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Presentes voadores...



Nas mãos do homem
Pousa a borboleta
- Perceba... 
Ela o presenteia
Cor 
  delicadeza...
!
Subterfúgios da natureza
Equilibrante
...

Amor
Elze